Labels

18.6.11

Rebecca Black retira "Friday" do YouTube e briga por direitos autorais

            A cantora Rebecca Black exigiu a retirada do vídeo "Friday" do YouTube nesta sexta-feira (17). O clipe, produzido pela Ark Music Factory, viralizou no primeiro semestre de 2011 e tornou Rebecca Black uma webcelebridade instantânea.

Quem acessa o vídeo no momento vê uma mensagem que diz "Este vídeo não está mais disponível devido a reivindicação de direitos autorais de Rebecca Black".

Rebecca e sua família exigiram a retirada do vídeo após saber que a Ark Music Factory estava cobrando do usuário US$ 2,99 por exibição do clipe, através do YouTube Rental, o sistema de locação de filmes do site. As informações são do site The Huffington Post.

Há algum tempo Rebecca briga com a Ark Music Factory sobre os direitos da música "Friday", que chegava a render cerca de US$ 27 mil por semana com vendas na iTunes Store e com as exibições no YouTube, segundo estimativas da revista Billboard norte americana.

De acordo com Rebecca, sua família pagou US$ 4 mil para produzir o vídeo e a música, mas o contrato dizia que todos os direitos referentes à obra seriam de propriedade do comprador, no caso, a família da cantora.

Recentemente Rebecca Black participou do novo clipe de Katy Perry, "Last Friday Night". Perry brincou no Twitter, dizendo que usou o método do filme "Inception/A Origem" ao colocar Rebecca num clipe que fala sobre sexta-feira: "É um sonho dentro de outro sonho, gente...".